O que é ansiedade

A ansiedade é uma emoção normal a todas as pessoas, assim como o medo, a raiva, a compaixão… Ela nos estimula a agir – ou a reagir em determinadas situações e perigo eminente, por exemplo, ao caminhar por uma rua escura sozinho durante a noite, colocando-nos em estado de alerta: todos os nossos sentidos ficam mais aguçados, as pupilas se dilatam, o batimento cardíaco pode aumentar, a audição fica mais aguçada, tudo para que o nosso corpo esteja pronto para uma fuga ou luta, e é assim desde que o homem é homem. Portanto, é uma emoção fundamental até para a nossa sobrevivência.

Essa ansiedade normal geralmente está associada a um evento específico, como uma entrevista de emprego; nascimento de um filho; preocupações com resultados de exames; dia do casamento, entre outros eventos de vida significativos. Portanto está sempre associada a um evento real e na maioria das vezes a pessoa consegue administrar, ao menos uma parte, a emoção gerada, ela é passageira e acaba por desaparecer após o evento ter ocorrido.

A ansiedade quando passa a ser vista como uma doença pode e deve ser tratada. Muitos estudos recentes apontam para a Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) como a abordagem de tratamento psicoterápico mais eficaz no Tratamento da Ansiedade.

Em alguns casos se faz necessário o uso de medicamentos específicos, geralmente uma combinação bem sucedida (TCC + Medicação).

Ansiedade Patológica

No entanto ela passa a ser patológica a medida que se manifesta em forma de uma emoção muito forte e em excesso, e neste caso o resultado se faz justamente ao contrário: pode ser paralisante e nos impedir de agir.

Não precisa estar necessariamente associada a um evento, e quando é, acaba aparecendo de modo bastante desproporcional. Assim, não desaparece mediante o final do evento, podendo durar dias, meses ou anos.

O que acontece na maioria dos casos é um componente subjetivo, ou seja, boa parte dos pacientes não relatam associações a eventos reais, relatando apenas o desconforto quase generalizado. E quando associam a um determinado evento – como dito acima – a intensidade pouco se modifica após o término do mesmo, permanecendo intensa e prolongando o desconforto gerado.

Sintomas da Ansiedade

Alguns dos sintomas mais comuns da ansiedade:

  • Taquicardia e/ou palpitações;
  • Sudorese – suor excessivo, principalmente nas extremidades;
  • Insônia;
  • Agitação motora – inquietação;
  • Tremores;
  • Formigamento nas extremidades (mãos, pés);
  • Dificuldades de concentração;
  • Desconforto abdominal, diarreia;
  • Irritabilidade;
  • Tontura;
  • Consciência de estar nervoso, tenso;
  • Vergonha – medo que as pessoas percebam seu nervosismo;
  • Retenção ou incontinência urinária.

Tipos de Ansiedade

Tipos de Transtornos de Ansiedade:

  • Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC);
  • Transtorno do Pânico;
  • Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG);
  • Fobias – Fobia Social ou Fobia Específica;
  • Estresse e Estresse Pós-Traumático.

Muitos estudos recentes apontam para a Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) como a abordagem de tratamento psicoterápico mais eficaz no tratamento de transtornos ansiosos. Em alguns casos se faz necessário o uso de medicamentos específicos, geralmente uma combinação bem sucedida (TCC + Medicação).

Distúrbios da Ansiedade

Saiba Mais

Nós podemos te ajudar

Entre em contato conosco através do telefone ou do formulário abaixo:

Contato

Formulário de contato do site Psicologia Itaim Bibi
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.